Uma visita ao Museu do Louvre

A- A+

Para quem viaja para Paris pela primeira vez, o Louvre é uma parada praticamente obrigatória! A atração figura entre os maiores pontos turísticos do mundo, chamando a atenção e encantando viajantes vindos de todos os continentes. 

É verdade ainda que mesmo aqueles que estão revisitando a Cidade Luz não costumam perder a oportunidade de passar algumas horas conhecendo melhor o maior, mais famoso e mais visitado museu de arte do planeta!

Por certo, esse é um passeio que pode ser feito muitas e muitas vezes. Sempre há o que descobrir! É que o Musée du Louvre é imenso e está continuamente lotado, de modo que, para observar com calma as cerca de 35 mil peças que integram as exposições permanentes, seriam necessárias centenas e centenas de dias!

Se você é um amante das artes e quer saber mais sobre o Louvre, prossiga com esta leitura e embarque conosco numa incrível visitação!

Chegando ao Museu do Louvre…

Estamos na Rue de Rivoli, avistando o imponente Palais du Louvre. A construção originária da Idade Média fora a casa real francesa antes da mudança da corte para o Château de Versailles, em 1682. 

Desde o século XVIII, porém, o espaçoso palácio se dedica às artes e, como sabemos, abriga o incrível e célebre Museu do Louvre até hoje! Olhando em direção à sua fachada, o que vemos é a magnífica pirâmide de vidro, ali colocada há cerca de trinta anos, um dos principais símbolos do Louvre e de Paris.

Entrando no Museu do Louvre…

No que se refere ao Louvre, as filas são tão famosas quanto as obras! Em geral, para evitar uma boa parte delas, basta comprar o ingresso (17€) antecipadamente pela internet.

Para quem está viajando durante a pandemia do coronavírus, é importante lembrar que o museu está com o acesso reduzido e se valendo de todas as precauções possíveis para prevenir o contágio. 

Nesse contexto, para visitar o Louvre é preciso agendar um horário, preferencialmente com antecedência. Além disso, os visitantes devem manter a distância física entre si e fazer uso de máscaras e de álcool em gel.

Entendendo a estrutura do Louvre…

Imagine uma coleção enorme que reúne, num só lugar, milhares de peças que, dentre esculturas, pinturas e os mais diversos e variados objetos, dão conta de aproximadamente 7.000 anos de história humana! Não é fantástico?

Quando adentramos no Palácio do Louvre, somos então levados a uma verdadeira e completa viagem no tempo, no curso da qual nos deparamos tanto com obras maravilhosas da arte antiga bem como com as mais afamadas peças da arte mais recente, moderna.

O célebre museu se divide em oito amplos departamentos, os quais abarcam o melhor do mundo artístico! ‘Antiguidade oriental’ (Antiquités orientales), ‘Egito’ (Antiquités égyptiennes), ‘Gregos, etruscos e romanos’ (Antiquités grecques, étrusques et romaines), ‘Arte do Islã’ (Arts de l’Islam), ‘Esculturas’ (Sculptures), ‘Objetos de arte’ (Objets d’art), ‘Pinturas’ (Peintures) e ‘Artes Gráficas’ (Arts graphiques)… Qual dessas alas você gostaria de explorar primeiro?

Visitando as obras imperdíveis…

Todos nós sabemos que o Louvre tem uma infinidade de obras extraordinárias, porém, como em um dia jamais poderíamos ver tudo, vale priorizar as peças que não podem ficar de fora de uma primeira visita ao museu mais relevante da Europa.

No que diz respeito às antiguidades, destacamos o Código de Hamurabi – o primeiro conjunto de leis escrito da humanidade -, a Esfinge de Tanis – escultura egípcia que remonta mais ou menos 2.600 anos a. C. – e a Vênus de Milo – icônica representação de deusa Afrodite em mármore.

Sem dúvidas, a obra de maior importância dentro da coleção do Musée du Louvre é a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci. Trata-se do quadro mais famoso e mais valioso do mundo! 

Não devemos deixar de atentar, porém, para ainda outras incríveis pinturas ali expostas, como, por exemplo, as Bodas de Caná, do renascentista Paolo Veronese, e A Liberdade Guiando o Povo, de Eugène Delacroix.

E aí, gostou da nossa visita? Não te deu vontade de largar tudo e, finalmente, ir passar um dia inteiro percorrendo os salões do Museu do Louvre em Paris? Nossa dica é: selecione as atrações que você mais quer ver e faça um roteiro, assim, você com certeza vai aproveitar ao máximo a sua visita à casa da Mona Lisa!

Preparamos para você um roteiro de como aproveitar o Melhor de Paris em 3 dias. Vale a pena conferir!


Comentários