O muro dos “Je t’aime”

A- A+

A Place des Abbesses representa o coração de Montmartre, ponto de encontros quotidianos entre parisienses e turistas.

Talvez não seja por acaso que, em um dos jardins da praça Jehan Rictus (bem simples à primeira vista), exista desde outubro de 2000 o “Mur des je t’aime”, obra insólita que se tornou hoje um verdadeiro monumento dedicado à glória dos apaixonados do mundo inteiro.

Que lugar melhor do que Paris, capital mundial do romantismo?

311 “Je t’aime” em 280 idiomas

O “Mur des je t’aime” é uma obra de Frédérique Baron, que juntou sozinho durante suas caminhadas em Paris mais de 1500 declarações de amor em diversos idiomas.

Você poderá observar uns “je t’aime” em Inglês, Chinês, Francês e também em alguns dialetos raros ou esquecidos como o Corse (da Córsega), o Navajo ou também o Esperanto! No total são 311 “je t’aime” em 280 idiomas, reunidos naquele lugar com a ajuda de Claire Kito, artista caligráfica.

O sentido artístico do “Mur des je t’aime”

Quanto à parede, ela é constituída de 612 azulejos numa superficie de 40m2. Os pedacinhos de azulejos coloridos que você pode ver espalhados na obra formam, vistos em conjunto, um coração.

A simbologia da obra foi o resultado de uma escolha do próprio artista. Paredes representam no imaginário coletivo um símbolo de divisão, ou até da separação. Com a obra, Frédérique Baron quis acabar com essa imagem mostrando que uma parede pode também servir de suporte para os sentimentos mais bonitos do ser humano.

Não esqueça então, se você está em Paris, no bairro de Montmartre com o amor da sua vida, não deixe de visitar o parque Jehan-Rictus e o famoso “Mur des je t’aime” para declarar o seu amor de um modo original e romântico “à la française”.

 

Veja os cursos de francês do IFESP para declarar-se em francês ao seu amor. 50% de desconto nos cursos online durante a semana dos namorados!

2 thoughts on “O muro dos “Je t’aime””

  1. EU AMEI TUDO SOBRE A FRANCA, MEU GRAND REVE E UN DIA CONHECER A FRANCA, EU FALO ALGUMA COISA DE FRANCES ,EU AMO O IDIOMA FRANCES, AS MUSICAS FRANCESAS, MEU CANTOR E CHARLES AZNAVOUR. OBRIGADO, MERCI.

    1. Olá José Luis. Que bom você ser um amante da nossa cultura!

      Se quiser saber mais sobre a cultura e língua francesa, venha conhecer o IFESP, a pequena França em São Paulo! Organizamos com frequência palestras e ateliês gratuitos sobre a França, além de oferecer aulas de francês com professores nativos.
      > http://www.ifesp.com.br
      > Av. Brig. Faria Lima, 1826 • 7° andar – Cj. 703 • Jd. Paulistano

Comentários