A Moda e a Libertação da Mulher Francesa

A- A+

No século XX, a moda francesa acompanhou as mulheres em sua evolução social.

Quatro costureiros franceses participaram do grande movimento de libertação da mulher com suas roupas “revolucionárias”.

Coco Chanel

Nos anos 1920 e 1930, Coco Chanel lançou a moda dos cabelos curtos. Ela criou roupas que libertaram o corpo feminino como a calça comprida e o tailleur (conjuntinhos) com bolsos, e transformou o marinheiro em roupa feminina.

Yves Saint Laurent

Nos anos 1960, Yves Saint Laurent criou roupas práticas para mulheres ativas que trabalhavam e dirigiam carros. O costureiro mistura o feminino e o masculino desenhando calças bem confortáveis e os primeiros terninhos para as mulheres.

André Courrèges

Na mesma época, André Courrèges revoluciona a moda francesa com a minissaia. Esta peça se torna o símbolo da independência e da libertação das mulheres.

Jean-Paul Gaultier

Nos anos 1980, Jean-Paul Gaultier apaga as diferenças entre os homens e as mulheres. Em 1984, ele cria uma moda provocante e andrógena como, por exemplo, a saia para os homens. Após Coco Chanel, ele retoma o marinheiro e o torna célebre no mundo inteiro. Esta roupa se torna o símbolo de seu estilo.

 

Aprenda mais sobre a cultura francesa com o Curso de Francês Online – CFOL, prestigiado enquanto parte do grupo IFESP, a melhor escola de francês online no Brasil! Aproveite e dê uma olhada na lista de conteúdo gratuito que preparamos para você aprender mais sobre a língua e a cultura francesa! 

 

2 thoughts on “A Moda e a Libertação da Mulher Francesa”

Comentários