Lugares que os turistas não vão em Paris

A- A+

Inspirado no podcast do grupo IFESP Descompliquê, o Melhor de Paris traz para você por escrito as informações que o Pierre, francês, parisiense e coordenador pedagógico do IFESP, trouxe para todos os brasileiros que querem visitar a Paris que os turistas não conhecem.

1 Marché des enfants rouges

chez alain paris marché

via Paris by mouth

É um mercado de central, não muito grande, criado em 1615. O nome se dá porque existia do lado do mercado um hospital, na qual as crianças usavam um uniforme vermelho. Se você passar no Marchés des enfants rouges a dica do Pierre é não deixar de comer no Chez Alain. O lugar é conhecido por ter o melhore sanduíche de França! Isso porque todos os ingredientes são de ótima qualidade: o queijo, o presunto, o pão, exatamente tudo!

O horário é uma questão importante, pois o mercado só funciona até às 15h, então se programe para comer lá no almoço. Em relação ao preço? Segundo Pierre o mercado é barato e você pode comer bem com 10 ou 15 euros.

2 Galerie de l’évolution

Galerie de l’évolution

É um lugar imenso criado mais ou menos na época da Tour Eiffel. A galeria tem uma coleção de vários animais empalhados, o mais interessante é que os visitantes têm a chance de ver animais que vem do mundo inteiro. Além disso, a galeria tem uma sala só com animais extintos empalhados que servem para conscientizar os visitantes sobre o aquecimento global. Em outra parte da  galeria, também é possível ver esqueletos de dinossauros. Para quem tem filhos ou não, fica a dica de passeio por Paris!

 

3 Cité de Science

Cité de science paris

Um dos lugares da infância do Pierre: um museu interativo de ciências. As crianças têm a chance de fazer vários tipos de experiências e realmente aprender. Nesse museu é possível interagir com tudo, você não vai ficar parado! Se você estiver com seus filhos o interessante é que você pode deixá-los nas programações para crianças e curtir o museu com exposições mais voltadas para o público adulto.

O lugar é imenso, era para ser um matadouro que ia substituir a parte das carnes do mercado Les Halles, mas percebeu-se que o espaço não ia ser útil, então se resolveu construir o museu Cité de science.

O parque la villette que fica em volta da cité também vale a visita, é ótimo para piqueniques e relaxa.

4 Cemitério do Père Lachaise

Talvez seja o único lugar da lista onde você encontra turistas, porque é um dos cemitérios mais bonitos da cidade. Pode parecer estranho, mas o cemitério é um lugar lindo e os parisienses costumam parar lá para ler.

Esse cemitério é muito famoso, porque é onde estão enterrados grandes personalidades francesas como: Edith Piaf, Balzac, Proust, Oscar Wilde, Chopin. Porém, o túmulo mais famoso, mais visitado e mais enfeitado pelas pessoas é a do vocalista do The Doors, Jim Morrison, que morreu em Paris.

5 Parque de Buttes Chaumont

Buttes Chaumont Paris França

Os parisienses quando sai o sol geralmente vão nesse parque. Turistas não são comuns nessa região, porque é um bairro mais afastado do centro. O parque era uma antiga pedreira, sendo por isso que ele tem uma ilha de quase 30 metros de altura. Para acessá-la você precisa caminhar sob a ponte construída por Gustave Eiffel (isso mesmo o criador da Torre Eiffel). Ao chegar no alto desta ilha você poderá ter uma vista panorâmica de grande parte de Paris.

E aí, ficou com vontade de explorar essa Paris inexplorada pelos turistas?

Comentários