Os principais prénoms franceses do momento

A- A+

Não há dúvidas de que uma das maiores preocupações que inquietam os pais, quando estão à espera de um bebê, tem a ver com a escolha do nome da criança. Já passou ou está passando por isso? Console-se com o fato de que, no mundo inteiro, muitas pessoas estão na mesma situação que você!

Neste artigo, você vai entender como funcionam os prénoms franceses, conhecer as tradições do país para a escolha do nome das crianças e, finalmente, descobrir quais são as principais tendências para nomear um bebê em 2020. Olha só!

Primeiro o prénom, depois o nom…

Você sabia que a palavra francesa para o que, em português, nós chamamos de “nome” é “prénom”? Na língua, o termo “nom” está ligado à ideia de “nom de famille”, isto é, ao que nós denominamos “sobrenome”. 

Isso significa que se, em português, a autora Clarice Lispector diria “Meu nome é Clarice e meu sobrenome é Lispector”, em francês, o escritor Albert Camus, por sua vez, responderia “Mon prénom est Albert et mon nom (de famille) est Camus”. 

Sobre algumas tradições francesas

Embora hoje os franceses tenham completa liberdade para escolher o prénom de seus filhos, as coisas nem sempre foram assim. Pelo menos até o século XIX, um afilhado era tradicionalmente nomeado de acordo com o nome de batismo do seu padrinho, caso fosse menino, ou da sua madrinha, caso fosse menina.

Ademais, outra tradição muito comum era a de dar à criança o nome do santo festejado no dia em que ela nasceu. Assim, se uma menina nascesse no dia 4 de janeiro, poderia se chamar Angèle”; mas, nascendo em 31 de maio, tinha grandes chances de receber um prénom composé como “Lise-Marie”, “Marie-Lise” ou “Marie-Elisabeth”.

Apesar da conformidade entre as datas de nascimento e as datas das festas católicas já não influenciar tanto assim a escolha do nome de um bebê, o calendário continua sendo uma fonte de inspiração até os dias atuais, ao qual pais confusos ou pouco criativos podem sempre recorrer.

Os nomes que são tendências em 2020

O L’Officiel des prénoms é um anuário escrito por Stéphanie Rapoport e Claire Tabarly Perrin, conhecido como a bíblia dos nomes franceses. A publicação serve de guia para inúmeros pais que estão em busca de um prénom para os seus bebês. Confira, a seguir, as principais tendências para 2020!

Top 10 nomes de meninas francesas

1. Emma

2. Jade 

3. Louise

4. Alice

5. Chloé

6. Lina

7. Rose

8. Léa

9. Anna

10. Mila

Top 10 nomes de meninos franceses

1. Gabriel

2. Raphaël

3. Léo

4. Louis

5. Lucas

6. Adam

7. Arthur

8. Hugo

9. Jules

10. Maël

Uma palavrinha sobre os prénoms mixtes

Mesmo que existam desde sempre, a busca por nomes mistos cresceu bastante nos últimos anos. Muitos pais estão preferindo nomear os seus filhos com prénoms que podem ser adotados tanto para meninos quanto para meninas.

Camille”, por exemplo, embora, no século XX, tenha sido amplamente usado por meninas, nomeou muitos bebês meninos nascidos a partir dos anos 2000. “Charlie”, por sua vez, foi sobretudo um prénom adotado para garotos até os anos oitenta, quando o número de garotas chamadas “Charlie” começou a subir.

Alix”, “Thaïs”, “Elie”, “Ange”, “Lior”, “Dominique”, “Leone” e muitos outros nomes, com as mais diversas origens, também são usados como prénoms mixtes por falantes da língua francesa. Não é interessante?

Gostou desse conteúdo? Nosso blog tem outros textos que podem ser interessantes para você. Confira!

Comentários