10 FATOS INUSITADOS SOBRE A TORRE EIFFEL

A- A+

Símbolo internacional e um dos monumentos mais visitados do mundo, a Torre Eiffel comemora este ano seus 125 anos de existência. Para celebrar seu aniversário, confira 10 fatos inusitados sobre a famosa “Dama de Ferro” parisiense.

1. A Câmara de Comércio de Monza e Brianza (Itália), em agosto de 2012, estimou o valor da Torre Eiffel em 434 bilhões de euros, em outras palavras, 1/5 do PIB francês.

2. Em 1889, os primeiros visitantes oficiais da Torre Eiffel foram a família real da Inglaterra e… Buffalo Bill (aventureiro americano).

3. De 1925 a 1934, a Citroën criou uma grandiosa publicidade ao escrever seu nome sobre a Torre Eiffel em letras luminosas (250.000 lâmpadas e 600 km de cabos elétricos).

4. Criada para a Exposição Universal de 1889, a Torre Eiffel deveria ser somente uma instalação provisória. Os moradores do Champ de Mars até fizeram uma petição pela sua destruição.

5. Enquanto durou a Exposição Universal, o le Figaro imprimia todos os dias no primeiro andar da Torre uma edição especial por 15 centavos de francos.

6. Durante o inverno, a Torre Eiffel encolhe de 4 a 8 centímetros. Quando as temperaturas sobem de novo, ela retorna ao seu tamanho original. No calor extremo, a expansão do metal move o monumento, com um recorde de inclinação de 18 cm em 1976.

7. Com 7 milhões de visitantes em média, a Torre Eiffel é o monumento pago mais frequentado do mundo.

8. Há o equivalente a 16 toneladas de tinta sobre a Torre Eiffel, que foi repintada 18 vezes. Todas as noites, 20.000 lâmpadas brilham a cada hora, durante cinco minutos, até à 1h da manhã.

9. Em razão da falta de espaço de armazenamento na Torre Eiffel, 4 toneladas de souvenires são enviadas pra lá todos os dias, e de 6 a 8 toneladas de alimentos para os restaurantes.

10. Franz Reichelt, francês de origem austríaca, morreu no dia 04 de fevereiro de 1912, ao saltar do primeiro andar da Torre Eiffel para testar um paraquedas que ele havia criado.

Quer saber mais sobre a cultura e língua francesa e suas curiosidades? Conheça uma pequena França em São Paulo, o IFESP!

Comentários