Você sabe o que é um “bobo” na França?

A- A+

Não bobo na França não é utilizado para chamar alguém de burro. A palavra “bobo” (em francês) é uma invenção de David Brooks. Hoje esta palavra é muito utilizada na mídia e é muito relacionada aos moradores de Paris. Mas o que ela significa?

O Burguês-boêmio, dito o “Bobo

A palavra vem da contração de 2 palavras: burguês (em francês bourgeois) e boêmio. Uma vida boêmia é um modo de viver o dia a dia, desprendido de considerações materiais, um pouco à margem da sociedade. O burguês é uma pessoa que pertence à burguesia. A burguesia designa uma classe social alta. O termo “bobo” é, portanto uma contradição, pois o “bobo” tem uma situação financeira relativamente alta. Ele trabalha com comunicação, nos meios intelectuais ou artísticos e, no entanto ele recusa pertencer à classe burguesa.

Hoje, ser “bobo” é, sobretudo, um estado de espírito, um modo de ser. Associa-se frequentemente ao “bobo” traços caricaturais.

Caricatura do “Bobo”

Politicamente, o “bobo” se situa mais à esquerda, ele tem preocupações com o meio-ambiente, feminismo, humanismo e de cidadania.

O “bobo” mora na cidade. Dizemos que ele se desloca com “Velib”, faz suas compras em feiras, come produtos bio, faz compras sustentáveis, fabrica seu próprio iogurte.

O prazer do “bobo”? Ter um ar chique e descontraído, à imagem de Charlotte Gainsbourg ou de Vanessa Paradis.

Você acha que você é um “Bobo” e Paris é a cidade onde você tem que morar mas não fala nada de Francês? O IFESP está aqui para te ajudar! 

Comentários