Os melhores bares de vinhos em Paris

A- A+

Muitas vezes, pensamos que os franceses são resmungões, mas, na verdade, basta muito pouco para eles ficarem felizes: VINHO e QUEIJO! De fato, existem vários bares de vinho bem legais na capital francesa. Confira já os bares de vinhos preferidos dos parisienses.

 

  • Le Barav. Rua Charles François Dupuis, 6 – 75003

Le Barav é, antes de tudo, um serviço adorável, uma decoração autêntica muito agradável, um terraço para o verão num cantinho perdido, os painéis de saladas e carnes, as tábuas de queijo, e para coroar, uma adega com garrafas incríveis! Impossível não amar! Reserva altamente recomendada (pra não dizer indispensável).

  • La Trinquette. Rua des Gavilliers, 67 – 75003

Três caras de Languedoc tiveram a ótima ideia de levar seus produtos para Paris. Brinda-se em pé, corta-se o pedaço de queijo francês da ponta do garfo sobre um barril. Tudo se valida!

  • Le Vingt heures vin. Rua des Goncourt, 2 – 75011

Mais do que um serviço muito simpático, os pratos de aperitivos são deliciosos e a relação qualidade-preço é ainda mais interessante. A decoração é agradável, entre o moderno e o típico, e as garrafas à mostra inspiram qualidade.

  • Le Garde-Robe des Batignolles . Rua Lamandé, 2 – 75017

Situado no 17º arrondissement, este charmoso bar com decoração de madeira preza muito pela qualidade. Aqui, os produtos são de muita qualidade, o ambiente é chique e descontraído com uma equipe muito atenciosa. Os que não gostam de colocar a mão no bolso deverão se abster, mas para os apreciadores, ele pode muito bem se tornar seu novo ponto de encontro.

  • En Vrac. Rua de l’Olive, 2 – 75018

Decoração rudimentar, paredes com tijolos aparentes, as luminárias… Sente-se como se estivesse em casa! O conceito: o vinho, biodinâmico em sua maioria, servido diretamente do tonel em garrafas recicladas. Nós reenchemos suas garrafas, bebemos com uma equipe super legal e descobrimos uma seleção de vinhos biodinâmicos criticadas com amor.

  • Le Verre volé. Rua de Lancry, 67 – 75010

Nesse bistrô-adega tipicamente parisiense, tem-se a impressionante escolha de vinhos vindos de todas as regiões francesas e os pratos de charcutaria e queijos deliciosos. O espaço é pequeno e os preços um pouco altos, mas a adega tem seu charme. Você também pode levar sua bebida para um piquenique ao longo do canal Saint-Martin.

  • Rosa Bonheur. Allé de la Cascade, 2 – 75019

É durante o verão, ou pelo menos com a chegada dos primeiros raios de sol que o Rosa Bonheur ganha todo o seu charme. Localizado num terraço em um ambiente acolhedor e amigável, aqui você poderá degustar uma tábua de aperitivos acompanhada de uma garrafa do tonel Rosa Bonheur.

  • Pépère Jean. Rua Paul Lelong, 5 – 75002

Com o sucesso do restaurante local Mémère Paulette, o Pépère Jean surgiu para completar os aficionados por vinho. Numa típica decoração de vovó com toalhas quadriculadas e piso ladrilhado, aqui se degusta o vinho de pequenos produtores acompanhado de uma bela tábua de frios ou de queijos.

  • Le Rhum Marin. Rua Saint-Maur, 92 – 75011

Nada sugere que se pode beber uma boa garrafa de vinho com uma bela tábua de aperitivos nesse bar especializado em rum. Contudo, os seus pratos mistos de queijos e frios são divinos e bem guarnecidos.

  • Le 36 Corneil. Rua de Rochechouart, 36 – 75009

Le 36 Corneil é, sobretudo, um lugar de aperitivos à francesa. Um mini caviar de berinjela ao parmesão, um prato de queijo de leite de ovelha e sua saladinha de endívia, um prato de coelho… Tudo acompanhado de uma boa garrafa de vinho.

  • Frenchie bar à vin. Rua du Nil, 6 – 75002

Depois do restaurante Frenchie, é o bar de vinhos que abre suas portas, num ambiente ao mesmo tempo chique e casual. A casa de charcutaria e os vinhos vão deliciar seu paladar!

  • Le Cinquante. Rua de Lancry, 50 – 75010

O lugar é uma impressionante queda num abismo. Primeiro, penetra-se num espaço que parece ser um minúsculo café de 10m² com mesas e cadeiras bambas. Mas passado um pequeno corredor, encontra-se um segundo cômodo, muito mais estiloso que dá para um terceiro cômodo gigantesco com piano. É escuro, mas acolhedor, e as tábuas de charcutaria e queijos, e os vinhos são muito apreciados.

  • Chez Nous. Rua Dauphine, 10 – 75006

Chez Nous, o conceito simples, mas eficaz: beber bem, comer bem, passar um momento amigável, mas sem gastar muito. Sem cardápio, mas com uma grande parede de ardósia na entrada onde as referências mudam constantemente segundo as maravilhas encontradas. São os dois sócios que escolhem o vinho para os clientes de acordo com suas preferências, fazendo-os degustar quantas opções forem necessárias até encontrar aquele que mais gostem. A casa oferece apenas produtos e vinhos de pequenos produtores da agricultura orgânica.

  • Les Sardignac. Rua Richer, 27 – 75009

Amantes de vinho desde sempre, Les Sardignac nos apresenta seu cardápio como um cenário, escondendo os tesouros. E ainda, tem o que beber para todos os orçamentos! Atrás do bar está a máquina “Winetaste”, que permite provar ótimos vinhos na taça sem ser obrigado a comprar a garrafa… Além do mais, o bar oferece degustações regularmente.

  • L’Ivress. Rua Poissonnière, 5 – 75002

Situado no coração do Sentier, L’Ivress é o lugar ideal para degustar um (ou vários!) bom (bons) vinho(s) num espaço que já irá envolvê-lo logo ao entrar. O bar oferece uma seleção cuidadosa e de qualidade: vinhos de produtores independentes e pratos locais. E tudo isso sem gastar muito!

 

Está pronto para embarcar nessa experiência e degustar os melhores vinhos do mundo (COM moderação)? Génial ! Mas saiba que há muito mais para se fazer no país do vinho; confira já as outras dicas!

E se você estiver em São Paulo, venha saborear a vida francesa (SEM moderação) nessa pequena França do Brasil, venha conhecer o IFESP!!

 

 

Comentários