A alma do Parisiense está no vinho

A- A+

Se formos associar uma bebida com os franceses, certamente será o vinho. Tão disseminado está na vida, cultura e nas mesas que você não pode deixar de conhecer um pouco mais dessa bebida que está impregnada na alma do parisiense. O vinho é tão antigo a ponto de se confundir com a história da humanidade. Ele está associado a festas e socialização, possibilitando o convívio entre as pessoas.

Por isso, um dos lugares imprescindíveis a visitar é o Museu do Vinho, localizado curiosamente na rua das Águas, em Paris.  Na entrada, as três salas abobadadas que pertencem ao restaurante do Museu eram na realidade dependências da antiga Abadia de Passy,  no século XV. As galerias eram usadas como despensa pelos abades. O restaurante oferece cerca de 300 referências de vinhos para acompanhar os pratos.

O museu fica na adega, abaixo de uma formação geológica de calcário e possui aproximadamente 2.200 objetos relativos ao vinho e ao vinhedo. O que há de interessante também são as atividades promovidas pelo Museu, que frequentemente organiza eventos, seminários para empresas, cursos de degustação de vinho, conferências, além de jantares e almoços temáticos, sempre com o objetivo de realizar novas descobertas de vinhos e pratos da União Europeia.

Degustação

Todos os sábados um enólogo do museu recebe cerca de 20 amadores para promover a degustação temática de vinhos. Seleciona cinco ou seis tipos e de diferentes qualidades e faz os visitantes descobrirem as sutilezas de cada um, sempre levando ao conhecimento do visitante os mecanismos da degustação e o vocabulário do vinho. Também realizam descobertas sensoriais.

As intervenções são realizadas por historiadores, enólogos e pesquisadores, abordando temas que envolvem a história, o papel do vinho nas civilizações, entre outros, com a intenção de comunicar sua paixão e suas descobertas. Os valores da apresentação são variados, o mais simples, individual, custa 10 euros. Durante todo o ano há cursos de degustação de vinhos que podem durar de 45 minutos a algumas horas. Entre em contato para mais detalhes.

Às portas de Paris, o vinhedo de Xavier-Privat Charvin também pode ser visitado. O especialista criou um vinhedo cultural e pedagógico com objetivo de preservar a memória da vinícola parisiense. A visita à plantação, constituída de cerca de 400 cepas, permite conhecer In Loco o processo do cultivo e as técnicas de enxertos, entre outras curiosidades. No término da visita, os participantes recebem mais comentários com a degustação de vinhos. Para mais detalhes, visite os sites:

  • Museu do Vinho : Rue des Eaux – 5, praça Charles Dickens – Paris
    Metrô : Passy  – Tel.:: 01 45 25 63 26 – E-mail: [email protected]
  • Domaine de la Vigne de Paris-Bagatelle 8, bd Richard-Wallace.
    Metrô Pont-de-Neuilly – Tel.: 01 45 01 61 43.

 

Está pronto para embarcar nessa experiência e degustar os melhores vinhos (COM moderação)? Génial ! Mas saiba que há muito mais para se fazer no país do vinho; confira já as outras dicas!

Conheça mais do Grupo IFESP, a pequena França no Brasil!!