Flores à francesa em São Paulo com Une fleur – A entrevista

A- A+

Quem não gosta de receber flores? Esta semana, O Melhor de Paris teve a oportunidade de encomendar um belo buquê trazido pessoalmente por Sílvia e Maria-Anne, as proprietárias de uma empresa com nome poético Une fleur dans la Ville (Uma flor na cidade), que faz entregas de buquês em São Paulo. Aproveitamos a bela ocasião e tivemos o prazer de entrevistá-las! Um encontro floral.
OMP. Olá Marie-Anne, Sílvia. Vocês poderiam se apresentar?
omp_news_blanc omp_news_blanc
Marie-Anne. Eu cheguei em São Paulo há oito anos seguindo meu marido. No início, era muito engajada em associações e mais tarde comecei a ter vontade de ter meu próprio negócio. Foi então que Sílvia me propôs a sociedade na Une fleur dans la ville, que eu, evidentemente, aceitei. Eu nasci em Paris e sou formada em comércio. Logo, eu sou responsável da gestão da empresa. O que faz com que eu e Sílvia sejamos perfeitamente complementares. É inacreditável a sinergia que existe entre nós. Ela é a artista e eu a gestora do negócio.
 omp_news_blanc
Sílvia. Bom, eu sou brasileira, mas vivi 10 anos em Genebra, seguindo também meu marido. Lá, trabalhei na área da decoração. Voltando a São Paulo em 2007, continuei no mesmo segmento e me formei na Panamericana, onde encontrei pontos em comum com o que eu fazia em Genebra, principalmente o trabalho com texturas, cores e formas tem muito a ver com o design e as flores. Também fiz cursos em Holambra, formações dadas por floristas holandeses profissionais. Vale ressaltar que no Brasil não há nenhuma formação oficial para floristas. Para aprender, é preciso ter aulas com pessoas formadas no exterior. Algum tempo depois, as duas francesas que criaram Une fleur dans la ville voltaram para a França e me confiaram a empresa em 2012.
 omp_news_blanc
omp_news_blanc
Quais serviços são oferecidos pela Une Fleur ?
 omp_news_blanc
Sílvia. Nós fazemos muito B2B. Trabalhamos com empresas de luxo, principalmente francesas. Mas temos também muitas encomendas de particulares. O boca a boca funciona muito bem.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. É preciso confessar que adoramos as encomendas de particulares, pois são elas que permitem a Sílvia dar asas à imaginação com sua criatividade. Nós trabalhamos apenas com flores do dia e da estação. Nossos clientes nos ligam de manhã e perguntam quais flores estão disponíveis, e nos confiam a criação em função das flores do dia.
 omp_news_blanc
Sílvia. Trabalhamos também com grandes agências de eventos. O que é muito diferente, pois há imposições e um orçamento que devemos respeitar. E o desafio consiste em criar dentro dessas condições. Este é o B2B.
 omp_news_blanc
 omp_news_blanc
Sílvia, você como artista, prefere ter carta branca para as criações ou encomendas com condições a serem respeitadas?
 omp_news_blanc
Sílvia. Ter uma estrutura a ser respeitada é bastante confortável, me agrada também. No entanto, enquanto artista, preciso de liberdade para minhas criações.
 omp_news_blanc
Então, amanhã posso lhe encomendar um buquê e te deixar a vontade para criar?
omp_news_blanc
Marie-Anne. Claro. Entregamos na sua casa ou então na casa de um anfitrião que você gostaria de agradecer, ou mesmo numa empresa. Algumas empresas, por exemplo, oferecem buquês aos colaboradores no dia de seus aniversários. Tentamos, neste caso, enviar um buquê diferente a cada vez. Isso movimenta a Une Fleur, o que nós adoramos.
 omp_news_blanc
Quanto tempo dura um buquê?
 omp_news_blanc
Sílvia. Depende do tipo de flor ou se elas estão na água ou na espuma, e também, é claro, do cuidado de quem a recebe. Elas duram cinco dias, desde que se troque a água todos os dias.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. Nós fazemos também pacotes para particulares que desejam receber buquês todas as semanas ou a cada quinze dias. Com o contato frequente, nós aprendemos a conhecer os gostos desses clientes e satisfazê-lo cada vez mais.
 omp_news_blanc
E há diferenças entre os hábitos de compras de flores entre os brasileiros e os franceses?
 omp_news_blanc
Sílvia. Sim, os brasileiros compram flores para eventos sociais ou corporativos. Na França, as empresas que organizam um evento não encomendam flores, diferentemente do Brasil. Além do mais, a escolha das flores também é diferente.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. É preciso ressaltar que no Brasil não há lojas de flores como na França. O que explica em grande parte as diferenças nos hábitos de compra. Aqui nós vendemos muito por Whatsapp para os particulares. Eles nos enviam uma mensagem de manhã, nós enviamos as fotos das flores do dia, e pronto!
 omp_news_blanc
Sílvia. E vendemos arranjos no estilo francês ou à la française. No Brasil, eu acho os buquês mais rígidos, tem menos espaço para as formas que na França.
 omp_news_blanc
 omp_news_blanc
Há flores que só encontramos na França e não no Brasil?
 omp_news_blanc
Sílvia. Sim, como as hortênsias. Essas flores azuis que na Europa têm grandes hastes. No Brasil é possível encontrá-las, mas elas são pequenas e não duram, infelizmente.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. No caso das hortênsias, é o tamanho que é diferente, mas há flores quase impossíveis de se encontrar por aqui, como por exemplo as Peônias, cuja estação dura apenas duas semanas, ou então as tulipas que são encontradas apenas durante um mês no ano. No início, tudo isto dificultava um pouco nosso trabalho quando tínhamos pedidos de clientes estrangeiros. Por exemplo, nós trabalhos com as construtoras da Formula 1, eles nos enviam fotos de composições a serem reproduzidas e, no início, não conseguíamos calibrar exatamente as dimensões das flores, mas, claro, posteriormente nos adaptamos. Agora, graças ao boca a boca, temos cada vez mais clientes no setor. Devemos considerar também o fato de que falamos várias línguas, o que certamente nos ajuda.
 omp_news_blanc

Entrevista na redação de O Melhor de Paris
omp_news_blanc
As mulheres amam flores. Este é também o caso dos homens, tanto na França quanto no Brasil (confira aqui nosso artigo especial sobre o tema!) ?
 omp_news_blanc
Marie-Anne. Sim, aliás, usa-se oferecer flores aos homens. Por exemplo, várias empresas oferecem buquês aos seus clientes ou jornalistas homens. O nosso trabalho é de adaptar as composições ao gosto masculino, usamos plantas suculentas, uma composição de flores brancas e verdes.
 omp_news_blanc
Sílvia. Bom, de maneira geral, trabalhamos muito com plantas, coisa que os homens apreciam bastante. Uma vez entregamos pimentas plantadas com cores magníficas.
 omp_news_blanc
E no Brasil, é comum uma mulher oferecer flores ao seu namorado ou marido?
 omp_news_blanc
Sílvia. Ainda não vemos muito isso, é preciso admitir. Mas, como já disse antes, nós fazemos buquês especialmente para os homens.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. Mas, a cada vez mais, temos homens encomendando flores para mulheres, ou então, mulheres encomendando para outras mulheres e também homens para homens. No entanto, acredito que oferecer flores a um homem, será cada vez mais frequente. E eles podem colocá-las em seus escritórios, por exemplo.
 omp_news_blanc
Falando de homens, vocês fizeram buquês para a vinda de François Hollande, não é mesmo?
 omp_news_blanc
Sílvia. Sim, nosso objetivo é estar presentes em todas as visitas oficiais francesas. Criamos composições também para Nicolas Sarkozy, que aliás não estava em São Paulo para uma visita oficial.
 omp_news_blanc
Vocês também criam buquês para noivas?
 omp_news_blanc
Sílvia. Claro, já fomos responsáveis da decoração floral de casamentos inteiros, para uma média de 250 convidados. Mas também já criamos somente o buquê para a noiva. Isto é uma parte muito importante que embeleza este dia único.
 omp_news_blanc
Vocês podem nos falar sobre o buquê que nos trouxeram hoje?
 omp_news_blanc
Marie-Anne. Escolhemos especialmente este buquê porque ele é o buquê da moda nas redes sociais. É o buquê típico que todas as mulheres gostariam de ganhar neste momento. Ele se chama The Million Roses. Ele é feito numa espuma floral hidratada e dura bastante. É o grande sucesso do momento. Nós desenvolvemos também embalagens exclusivas: a caixa do buquê se fecha e se converte. É possível guardar todas as nossas caixas e elas são feitas exclusivamente por Une Fleur.
 omp_news_blanc

The Million Roses Buquê, por Une Fleur dans la Ville
 omp_news_blanc
O que vocês diriam sobre o french touch em seus buquês ?
 omp_news_blanc
Sílvia. Bom, quando eu crio os buquês, eu me imagino numa boutique de flores em Paris. Sempre tenho esta imagem na cabeça. Imagino sempre a maneira de trabalhar dos floristas na França: eles apresentam as flores do dia aos clientes e perguntam quais eles preferem. À partir disto, eles criam os buquês na frente dos clientes. Tem todo um lado romântico nessa maneira de trabalhar, não é? É o know-how francês: eu posso oferecer flores por puro prazer, mas também posso comprá-las para mim mesma, para me dar prazer.
 omp_news_blanc
Marie-Anne. As flores trazem consigo a felicidade, o sonho. Mas também a autoconfiança para aqueles que as recebe ou compra pra si mesmo. As flores são um reflexo de nós mesmos. É por esta razão que trabalhamos com muito prazer e felicidade eu e a Sílvia.
OMP. Muito Obrigada Marie-Anne, Sílvia. Não esqueçam de nos manterem informado das novidades!
 omp_news_blancomp_news_blanc
Sílvia. Claro! Nós é que agradecemos !
 omp_news_blanc
Marie-Anne. Obrigada Amandine ! Até logo !
 omp_news_blanc
omp_amandine_paint
Por Amandine Simoni paraO Melhor de Paris.
IMG_1945

Sílvia (esquerda) e Marie-Anne(direita) de Une Fleur e Amandine de O Melhor de Paris (centro)

Comentários