Como se inspirar na Parisiense para ser mais criativa no seu dia-a-dia?

A- A+

Criatividade. Em francês: créativité. Nas duas línguas se refere à capacidade de criar, de inventar, à qualidade de quem tem ideias originais. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não precisa ser artista na alma para ser criativa. A criatividade pode ser necessária para resolver os problemas do cotidiano e também pensar fora da caixa.

girl-1030998_1920

Um método parisiense simples e em três passos

Você já se perguntou como as mulheres francesas conseguem lidar com os estudos, o trabalho, uma vida de família, tudo ao mesmo tempo e sem a ajuda de uma babá? O segredo da parisiense não é só uma boa organização (que às vezes nem é tão boa assim…), mas um senso da criatividade e da improvisação que também podem inspirar-lhe para superar os obstáculos de uma maneira nova e encontrar ideias originais!

 

1. Ler um pouco cada dia

FR_livros_oculos

Como os Paulistanos, os Parisienses costumam passar bastante tempo nos transportes para ir ao trabalho. E é muito comum ver no metrô ou até no ônibus pessoas lendo um romance, um livro de auto-ajuda, um jornal ou uma revista. Como os Parisienses, tente ler um pouco cada dia, e se vai ao trabalho de carro, tente arranjar um momento do dia ou da noite. Ler estimula a criatividade, pois permite sair do foco da sua vida pessoal, para entrar na história de uma personagem ou no discurso de um autor. No momento em que algo na sua vida profissional ou pessoal for preocupá-lo, você pensará no livro que está lendo e talvez achará dentro uma inspiração para solucionar as coisas, se perguntando: “O que a personagem teria feito se fosse eu?”.

 

2. Passar tempo brincando com crianças

BR_crianças_lego

Quem nunca sonhou em voltar aos tempos da infância, brincando com a boneca da Barbie, com pequenos carros, inventando-se personagens de princesas e príncipes para interpretar com os amigos… Se você tem filhos, você pode fazer tudo isso de novo, compartilhando momentos preciosos com seu menino ou sua menina. Esses momentos de volta à infância também vão relaxá-la e até estimular sua criatividade. Quem sabe de repente você não tem uma nova ideia de brinquedo para crianças ou de apps para mães? E se você não tiver filhos, passe uns momentos com crianças da sua família ou com os filhos das amigas. A parisiense gosta de levar as crianças na padaria para comprar croissants e depois ir ao parque. Tente também, é gostoso!

3. Procure as soluções em si

As duas primeiras etapas eram para estimular sua criatividade relaxando e saindo da confusão do cotidiano. Agora, logo que estiver à frente de um obstáculo, seja tanto na sua vida profissional como na vida pessoal, procure em primeiro lugar a solução em si mesma, antes de discutir o assunto com seus colegas, familiares e amigos. Vai ver que, às vezes, você sabe de instinto qual é a melhor das soluções para ir além dos obstáculos, mudando dos seus reflexos habituais, e começando a pensar mais a mais “fora da caixa”. Pouco a pouco, sua confiança em si vai crescer e a criatividade para encontrar soluções e se desenvolver profissionalmente e pessoalmente também!

Brasileiras e Francesas: todas podemos ser criativas!

BR_mulher_pensativa

Cada mulher é criativa, simplesmente porque tem que ser criativa para viver uma vida de mulher moderna com todos os desafios que isso representa hoje. As mulheres brasileiras, tais como as parisienses, sabem improvisar para ir além dos preconceitos, ser bem sucedidas e se reinventar. É só estimular a imaginação e a criatividade logo chega!

 

Confira também nosso artigo sobre O Mito da Parisiense. Ela existe? 

 

Por Gabriela  para O Melhor de Paris

 

Comentários